Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \29\UTC 2009

Amor, a virtude suprema

O amor não é um dom e sim, uma virtude, um aspecto do fruto do Espírito; o amor é um completo modo de vida.

A essência do amor é a doação sacrifical de si mesmo, às vezes a favor de algo ou alguém que não o merece. (Jo 3:16, Ef 5:25)

Aprenda mais sobre o “Amor” Lição 13 – Amor, a virtude suprema

Read Full Post »

Fome_na_AfricaParece que os Bancos estão seguindo direitinho a máxima: Na crise tire o “s” e transforme-o em oportunidades CRIE$.

A Organização das Nações Unidas – ONU revelou (HOJE – 24.06.09) que a indústria financeira recebeu, em um ano, mais recursos do que os países pobres nos últimos 50(cinquenta) anos.

De acordo com o relatório da ONU, os país pobres receberam US$ 2 bilhões em meio século. Enquanto que, os governos mundiais concederam aproximadamente US$ 18 bilhões para ajudar os bancos e outras instituições financeiras a sair da crise neste último ano.

O Brasil está na lista dos governos que contribuiram com os US$ 18 bilhões. No país do Samba esta cadência de notícia, permeia a nossa realidade.

O senado possui duas contas bancárias secretas; os juros caem em tempos de eleição e sobem após os resultados das urnas; os impostos são reduzidos para estimular o consumo/crédito mas a carga tributária total continua oscilando os 36% do PIB.

O Marcelo D2, tem razão, na canção A procura  da batida perfeita:

“Quem tá junto tá junto…Há coisas que o dinheiro não paga
Cê sabe como é, Tipo eu e minha preta só num rolé”.

Read Full Post »

Crise e desemprego

Atingidas em cheio pela recessão global, muitas empresas britânicas estão anunciando medidas, algumas consideradas inusitadas, para tentar reduzir o número de demissões em seu quadro de funcionários.

Na semana passada, a companhia aérea British Airways surpreendeu ao enviar um email para seus 30 mil funcionários no Reino Unido pedindo que trabalhem até um mês de graça para ajudar a companhia sobreviver.

O apelo inclui ainda a opção para que tirem licença sem vencimento num período que pode variar de uma semana a um mês. (mais…)

Read Full Post »

Beijo do Olhar

Desejo o beijo do olhar
Desejo a sua boca em mim
Faz de um momento imensidão
Quando me perco em suas mãos

Traz essa vida mais pra cá
De perto eu vou te acompanhar
Desejo cheiro e paladar
Desejo o teu desejo ao acordar

É tanto prazer que vira um som
De coisa que não se diz
Que é muito mais que bom
Muito mais do que eu podia imaginar [bis]

(Cantor: Zé Ricardo)

Read Full Post »

Colecionador de Pedras

“Enquanto eles capitalizam a realidade eu socializo meus sonhos.” (Sérgio Vaz)

Read Full Post »

Há duas semanas um amigo me perguntara sobre os passos, que deveria “tomar” para investir no mercado de capitais. Eis aqui algumas recomendações:

O primeiro passo é abrir uma conta corrente. Por meio desta, o “cliente” (investidor) poderá movimentar os seus recursos, realizando transferências para as contas de investimentos.

Esta movimentação poderá ser realizada, via internet banking e/ou diretamente na agência bancária com o gerente.

Toda e qualquer aplicação financeira (exceto poupança) possui uma taxa de administração que, no Brasil, varia de 0,3% a 5,0%  ao ano (vale a pena pesquisar!!!!!!!), a média do mercado é de 1,5% ao ano. Além da taxa de administração há incidência do Imposto de Renda – IR.

O IR incide sobre a rentabilidade (e não sobre o capital aplicado) variando de 22,5% para os resgates em até 180 dias, 20% entre 181 e 360, 17,5% entre 361 e 720 e, 15% para quem permanece acima dos 720 dias.

Aos iniciantes, a dica está em apreciar o mercado de capitais com moderação. Inicie com valores pequenos, os fundos DI são recomendáveis para quem é conservador, normalmente, são mais rentáveis que a poupança (considerando um prazo mínimo de 3 meses).

Enfim, como dizia o filósofo kant no livro a Crítica da Razão Pura: “O saber vem do sabor”. É preciso experimentar (saborear) para conhecer a realidade (a experiência vem do sabor).

Bons Investimentos!

Read Full Post »

Hi, SELIC

Em tempos de crise, reduzir as taxas de juros é uma das alternativas para estimular o consumo, a produção e manter a “roda” da economia em funcionamento.

Para quem tem os olhos direcionados na luz das oportunidades do futuro, este é o momento de investir nos títulos públicos. Sugestão: Tesouro Direto.

Isto porque, atualmente, os títulos públicos não estão atraindo os investidores devido a queda na taxa SELIC que está em 9,25% ao ano.

Assim, é interessante adquir Títulos Públicos Federais neste período de baixa, uma vez que, os cenários indicam que após as eleições presidenciais haverá um considerável aumento na taxa SELIC, proporcionando ganhos reais aos detentores dos títulos.

Vamos aguardar!

Read Full Post »

Older Posts »