Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \26\UTC 2008

A SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa básica de juros da economia. É ela que dá o “tom” as demais taxas de juros no mercado. Isto significa dizer que os juros do cartão de crédito, do cheque especial e dos financiamentos ficam mais altos.

Mas, a SELIC é uma espécie de pára-raios que atrai os relâmpagos do capital internacional.  Com uma das maiores taxas básicas de juros do mundo (13% ao ano) o Brasil, estimula a entrada de moeda estrangeira atraída pela alta rentabilidade dos títulos públicos do governo, aumentando as nossas reservas cambiais.

Por outro lado, o consumidor paga a conta. (mais…)

Read Full Post »

Pensamento

“Se tivesses acreditado nas minhas brincadeiras de dizer verdades, terias ouvido verdades que teimo em dizer brincando…” (Charles Chaplin)

Read Full Post »

A primeira experiência moderna de microcrédito no Brasil, ocorreu em 1973, nas cidades de Recife e Salvador, através do programa UNO – União Nordestina de Assistência a Pequenas Organizações.

A UNO tinha como público alvo o setor informal urbano da economia, atuando com crédito e capacitação de pequenos empreendedores. Um dos desafios da UNO era provar, a viabilidade de conceder empréstimos (microcrédito) para as pessoas que desenvolvessem alguma atividade por conta própria. Seria concedido ao trabalhador autônomo, um tipo de crédito diferenciado das linhas formais existentes.

(mais…)

Read Full Post »

O crédito habitacional concedido pela Caixa Econômica Federal bateu recorde no primeiro semestre, com R$ 9,18 bilhões em empréstimos, 34% acima do registrado no mesmo período do ano passado.
Além do mercado de habitação aquecido, o Feirão da Casa Própria, realizado em dez cidades, foi um dos motivos apontados por Jorge Hereda, vice-presidente de Governo do banco, para o bom desempenho.
Do total, R$ 5,37 bilhões foram concedidos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) -47% a mais do que no primeiro semestre de 2007. A Caixa pediu suplementação e a previsão de desembolso anual com recursos do FGTS subiu de R$ 8,3 bilhões para R$ 9,25 bilhões.
Apesar do crescimento em valor, houve redução de 12% em unidades contratadas, considerando todo o crédito imobiliário. Hereda explica que o principal motivo foi a diminuição das contratações de linhas de material de construção.

Fonte: Jornal Folha de São Paulo em 25.07.08

Read Full Post »

A DELICADEZA

Tudo pode ser uma experiência de reconhecimento de SujeitObjetos ao se tornarem pessoas em busca de autonomia. Muito além da carne rebelde em prisões narcísicas. Mas renarciar-se poderia ser uma gestual delicadeza. Qualquer linguagem – oral, escrita, cantada, fática, fálica – tanto pode nos encarcerar fora/dentro/diante dos dicionários e 68 imaginários decantados e requentados. Ao mesmo tempo é possível fruir a dimensão estética sem recusar paisagens em passagens da tragédia cotidiana aos abismos da verossimilhança…

…Experimente sem pressa. Arrisque-se sem pressões. Tudo pode ser e não sendo uma questão de MÍMESE entre imitações redundantes e diferenças transfiguradoras…

…Atreva-se. Abisme-se. Alegre-se…

(Denilson Lopes)

Read Full Post »

“Não preciso me drogar para ser um gênio; Não preciso ser um gênio para ser humano; Mas preciso do seu sorriso para ser feliz”.

(Charles Chaplin)

Read Full Post »

O Caminho da Vida

O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenenou a alma dos homens…levantou no mundo as mulharas do ódio…e tem-nos feito marchar a passos de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

(Charles Chaplin)

Read Full Post »

Older Posts »